quarta-feira, 12 de agosto de 2015

Você sabe o que é sequestro virtual de equipamento?

Conhecido no mundo da tecnologia de informações com “ransomware” essa é uma ação nociva praticada por criminosos digitais, os “cibercriminosos”. Infelizmente, cada vez mais comum, ela consiste em implantar em um equipamento um arquivo que bloqueia todas as informações e aplicativos do PC, que só voltará a funcionar mediante o pagamento de um valor estipulado pelo criminoso.
Em tempos de total dependência dos computadores, tônica do mundo atual, ficar atento para não cair nessa armadilha é mais do que uma necessidade e passar a ser uma obrigação.
A tática mais usual desses ataques utiliza arquivos executáveis com códigos maliciosos que são enviados às vítimas. Em seguida o usuário atingido pelo ransomware recebe uma mensagem, supostamente enviada por um organismo policial, informando que a máquina está bloqueada por violação de direitos autorais, uso indevido de algum software ou mesmo por acesso a conteúdo pedófilo, dentre outros temas que podem ser colocados como motivo.
Os cibercriminosos costumam cobrar caro para liberarem as máquinas infectadas e mesmo assim, sem garantia de que os dados serão restabelecidos. Escutei relato de um usuário que teve seu computador como alvo, os criminosos pediram U$ 5.000,00 para restabelecer os dados.
O IT Forum 365, através de sua redação, publicou em 11 de Agosto de 2015 o um artigo que fala sobre o assunto:

9 maneiras de evitar o ransomware, técnica que sequestra o PC

Eset indica caminhos para driblar ameaça usada por cibercriminosos para extrair dinheiro de suas vítimas